Uma rapidinha deliciosa

Olá tudo bem? Sou Morena, olhos pretos, cabelo curto e cacheado, seios médios, bumbum grande, gordinha, tenho 1, 62 de altura.

Ele (chamarei de Heitor) um pretinho delicioso, bem dotado, braços fortes, de um sorriso maravilhoso, alto, lindo, lindo.

O que eu vou relatar, aconteceu no sábado a noite.

Durante a semana, eu e Heitor tentamos nos ver mas os compromissos nos atrapalharam bastante. No sábado eu acordei querendo esse homem, acordei toda molhada com muito tesão e eu já sabia que ele tinha uns compromissos e não daria para nós sairmos, alguns parentes estava na minha casa, também não tinha como ele vim pra cá, mas eu queria muito e comecei a bolar um plano para tirar eles de casa , assim daria para o Heitor da um pulinho aqui.

Chamei Heitor no Whats e já fui direto ao ponto.

Eu: Bom dia, meu bem! Acordei pensando em você e estou molhada até agora, te querendo muito! Se eu conseguir tirar o povo um pouquinho daqui de casa, você vem cá?

Ele: Bom dia baby. Que delícia, eu estou doido te querendo também. Estou dentro. Que horas mais ou menos?

Eu: Às 19: 30, ok?

Ele: Beleza.

Eu: Até 18h30 eu confirmo.

Fui colocar meu plano em ação e como esperado todos saíram de casa para passear e eu fiquei com a desculpa que estava com muita dor de cabeça, confirmei com o Heitor as 17: 20h e disse que quando eu estivesse sozinha e a rua tranquila eu mandava mensagem.

Fui tomar meu banho, ficar cheirosinha pro meu pretinho. Coloquei um baby-doll branco todo transparente, passei o hidratante que ele gosta, deixei o cabelo solto, passei uma make leve com um batom vermelho e mandei a mensagem pra ele: Pode vim, estou te esperando.

Ele: Me espera no portão, estou sem internet na rua.

Eu: Tá bom. (Joguei um vestido por cima pra ir abrir o portão)

Com menos de 5min ele estava entrando no meu portão, assim que eu encostei a porta da sala eu tirei o vestido e ele falou: Cara, você me mata desse jeito. Gostosa pra caralho e me beijou, fomos andando da sala até o quarto se beijando, quando chegamos no quarto, eu tirei a blusa dele, passei as unhas nas costas dele, ele me virou de costas para ele ralando o pau dele em mim (que estava muito duro), beijando e mordendo meu pescoço.

Me virou de frente para ele de novo e começou a beijar minha boca e apertava minha bunda, eu alisava seu pau por cima da roupa, tirei o pau dele pra fora. Ele puxou meu cabelo, agarrou forte na minha cintura me encostou na parede, veio beijar meu pescoço e morder minha orelha me chamando de puta safada.

Abaixou as alças do baby doll e começou a chupar meu peito, enquanto eu gemia e tocava uma punheta no pau dele, empurrei ele pra cima da cama e cai de boca no pau dele, chupava e passava a língua na cabeça, deixando o pau dele todo babado do jeito que ele gosta.

Ele ficou em pé e eu continuei a chupar ele, mas ele me deitou e veio tirar o resto do baby doll e começou a chupar minha buceta, passava a língua no grelo em movimento circulares e depois a língua em toda a minha buceta, e com a mão apertava meu peito. Eu rebolava na boca dele, gemia, chupei um dedo e passei no bico do peito (sinto muito tesão) e disse: Heitor me come, fode sua puta e ele veio por cima de mim e enfiou o pau todo de uma vez só me fazendo gritar. E foi metendo sem parar e eu nos primeiros minutos já gozei no pau dele, doll e continuava metendo, alterava entre estocadas fortes, rápidas devagar as vezes parava e quando eu menos esperava ele metia com tudo.

Eu estava gemendo alto, ele me também gemia, já estávamos suando.

E ele me mandou ficar de 4 na ponta da cama, eu fiquei de 4 pra ele, ele me dizendo de 4, me dando tapas na bunda, parava de meter e falava: Vai cachorra mete gostoso, e eu ia metendo quando o pau estava todo dentro eu rebolava, empurrava a bunda no pau dele com força, e disse: mete que eu vou gozar, e ele começou a meter rápido e sem parar e eu gozei, com a lubrificação da buceta ele purificou meu cuzinho e começou a dedar me levando a loucura, tirou o pau da buceta e começou a forçar no meu cuzinho: Aí aí aí Heitor devagar, tá doendo porra. Ele: Calma tá entrando, relaxa Eu: Aínnnnnnn cachorro. E ele tirou a colocou na buceta dnv pra lubrificar o pau, depois voltou a forçar no meu cuzinho: Bota a cabeça e deixa que eu coloco o resto. Ele colocou a cabeça e eu fui rebolando no pau dele e empurrando a bunda pra trás no meu tempo, quando eu já estava acostumada com o pau dentro do meu cuzinho, eu pedi ele para meter sem dó, e ele começou a meter sem dó e me dando vários tapas na bunda, e anunciou o gozo: Caralho que cu é esse, vou gozar dentro do seu cuzinho.

E começou a meter rápido e sem parar, Aaah eu vou gozar, e eu senti o pau dele pulsando e jogando porra no meu cuzinho. Assim que ele gozou, ele caiu por cima de mim ainda com o pau dentro, e disse: Você acaba comigo. E ficou com o pau dentro de mim até amolecer. Depois saiu de cima de mim, nos levantamos e ele falou olhando pro espelho. Olha a sua bunda, vermelhinha e me deu um beijo e fomos tomar banho.

E depois ele foi embora porque já estava atrasado para o compromisso dele, mas vamos repetir várias e várias vezes hahahaha. Esperando ansiosamente para o dia de ver meu pretinho!

One thought on “Uma rapidinha deliciosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *